terça-feira, 30 de abril de 2013

Windsor Castle parte II


A gente enxerga o castelo lá de longe, bem antes de aterrar na estação de Windsor. A impressão que dá é que ele ocupa a cidade inteeeeeeira. E deve ocupar, mesmo que indiretamente.
Os muros que o cercam, passam rente a avenida principal, e vão longe, longe, longe....

De fora o castelo é um prédio maciço feito de tijolos e pedras. Bastante clássico, mas um clássico diferente do Louvre. A gente não devia comparar um castelo com o outro, um país com o outro. Deve ser politicamente incorreto. Mas o blog é meu, eu escrevo o que eu penso. E o que eu penso é o seguinte: Paris é menina, Londres é menino. Seguindo esta lógico, Louvre é menina e Windsor é menino. Em termos de arquitetura e decoração clássicas, é isso que eu penso. E apesar deu ser menina, aprecio os dois.
O Louvre é todo claro, com decoração em detalhes, florido... Windsor é parede de pedras, salas escuronas, menos firulas. Tem tipão de Tavola Redonda. É medieval de raiz.


O turista pode visitar os aposentos reais (que duvido sejam utilizados pela rainha hoje em dia. Ela deve ficar em alguma outra ala, toda equipada com eletrodomésticos dos Jetsons). As salas são lindas, como todo castelo deve ser. As que mais me chamaram a atenção foram aquelas que tem uma tuga desenhada no teto.

Dna. Catarina de Bragança, foi uma portuguesa que se casou com Carlos II, digitransformando em rainha da Inglaterra. E sabe que mais? A idéia do chá das cinco, posh no úrtimo, foi invenção dela, tá? E todo mundo achando que tomar chazinho é o que há de mais inglês, né?
Quer mais? O dote deste casamento, de Portugal pra Inglaterra, foi nada mais, nada menos que a cidade de Bombai. Bom isso de casar com uma moça expatriada, e levar de presente praticamente um país, né? Meu noivo vai ter que se contentar com uma Havaianas.


Uma coisa de menininha neste castelo de menino é a Queen Mary´s Doll´s House. A Casa de bonecas da Rainha Maria tem 3 metros de altura, instalação hidráulica, elétrica e elevadores funcionando (porque, né? Os bonecos precisam.), móveis que são réplicas dos que existem no castelo, inclusive feitos do mesmo material, ou seja, chão de mármore, cadeiras de marfim... eteceteras... A Barbie se morde de inveja!


Que mais? No terreno do castelo tem ainda a Catedral de São Jorge. Você sabia que São Jorge, aquele do dragão, é padroeiro da Inglaterra? Nem eu. Não é bizarro que ele seja tão cultuado no Brasil? Principalmente porque, no final das contas, ele é originário da Turquia? Salada mista total. O must da globalização, eu diria. Mas enfim, falando da Catedral, ela é lindona e tem o túmulo de um monte de gente da família real, tipo Henrique VIII e Janne Seymour (a esposa que morreu com a cabeça no lugar, só que parindo, o que eu, sinceramente, acho que deve ser pior).

E isso é tudo o que eu tenho a dizer sobre o Castelo de Windsor. Se você tiver interessado no que eu escrevi na primeira parte, clica aqui ó.


6 comentários:

  1. Eu não sou fã de castelos mas amo Windsor. A casa de boneca da Dona Maria é luxo, poder e glória (tb não gosto de bonecas) a troca de guarda, a cidadezinha lá fora... Ah.... Adoro qd vem visita pra eu levar lá (usando o mesmo passe q vale pra volta, claro!)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sou doida num castelo. Devo ter sido princesa na vida passada!

      Excluir
  2. Amei o novo header do blog. É você!!!!!!! :)

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou eu, Liza! Se vc quiser faço um pro seu blog também.

      Excluir
  3. Eu aqui lendo castelo isto, Dª Maria aquilo, Catarina de Bragança não sei o q e catedral não sei o q lá... Daí a pessoa tasca lá no meio do texto, em letras diminutas q o "noivo" vai ter de se contentar com Havaianas. Ando meio lerda, mas senti q tava faltando mais dados a serem compilados para eu poder fazer a leitura real da coisa, q só no post seguinte pude compreender.
    Olha, tá de parabéns... mas dá ao menos chinelo customizado pro moço!
    Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou dar uma havaianas e um chaveiro, pode ser? Kkkkk.

      Excluir