quarta-feira, 27 de março de 2013

Trafalgar Square


Praça com nome de batalha, feita pra bombar!


A Trafalguar Square é das principais Praças de Londres. Tudo que é importante acontece por ali. Tipo a premiere do último filme do Harry Potter.
Toda estatuada, trabalhada na majestade, o monumento central é a Coluna do Almirante Nelson (não confundir com Major Nelson), o estrategista militar que derrotou Napoleão em Trafalgar!
A coluna é rodeada por quatro leões gigaaaantes, que, conta a lenda, vão levantar (e cantar "O que eu quero mais é ser Rei") no dia em que o Big Ben tocar 13 badaladas. Hum... Intaum tá intaum!



Além da coluna, escadaria, fontes e enfeites mil, existe a Powerless Structure fig.101. Nome pitoresco da estátua de um menininho dourado num cavalinho de madeira. Ooooi? A inscrição exprica:

"We wanted to create a public sculpture wich, rather than dealing with to pics of victory or defeat, honours the everyday battles of growing up."

Fair enough. Afinal, tamo aí na luta, matando um leão por dia! É cuti-cuti. 



Na frente da Praça (ou é ao contrário?) está a grandiosa National Gallery, que concentra marromenos 2300 pinturas criadas na Europa Ocidental desdo século XIII. Estão lá todos os clássicos: Leonardo da Vinci, Boticelli (e suas fofuxas), Caravagio, Rembrandt, Degas... tem de um tudo! O edifício é lindo! Quer mais? É de grátis.


Grudada na National Gallery, numa entrada lateral ligeiramente escondidinha está a National Portrait Gallery, que, in my opinion é até mais legal que a primeira. É basicamente a "Caras". Só que artística. São 10 mil pinturas, caricaturas, esculturas e fotografias de famosos de todos os tempos, começando pelos Tudor, passando por Shakespeare, Virginia Woolf e até David Beckham. O polêmico quadro da Kate Midleton, que segundo os críticos ficou parecendo tia véia, também está por ali.

Na frente da National Portrait Gallery está a igreja St. Martin-in-the-Fields. Quando visitei, sem saber de nada, assim sem querer, porque nem é ponto turístico, dei de cara com uma orquestra de cordas ensaiando no altar (a Academy of St Martin-in-the-Fields). De soltar lagriminha de emoção! Depois fiquei sabendo que música é super normal por ali. Toda segunda, terça e sexta as 13h tem concerto de grátis. E na cripta, que tem um super café daqueles de sentar e engordar, rola jam session de jazz vez em sempre.


2 comentários:

  1. Tô aqui imaginado os leões levantando e balançando os rabiosques ao som da música do Rei Leão em volta do tal obelisco. Adoro um museu, galeria e afins. E daí q vc mencionou algo q é música para meus ouvidos: G R Á T I S !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é? Londres é linda porque é toda grátis!

      Excluir